quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

A lagoa e a vida

Minha irmã, Leonice, está curtindo três dias de descanso merecidos, em Pelotas. Tempo para aproveitar passeios, como o de hoje pela manhã, ao Laranjal, a nossa praia de lagoa. Apesar do friozinho fora de tempo, o visual é de revigorar qualquer neura de final de ano.
Uma caminhada pelo calçadão que está sendo revitalizado, um solzinho bom acompanhado de chimarrão, andar pela beira da água, curtindo uma lagoa sossegada, brincando com a areia, convidativa para tirar os calçados e deixar os pés relaxarem no contato com a natureza.
O Laranjal está tão perto de nós que, às vezes, não sabemos a preciosidade que temos ao nosso alcance. Alguns dias atrás, uma amiga contou que levou parentes, inclusive um menino dos seus dez anos para conhecer a praia. A criança estancou, deixou o queixo cair e murmurou: "que marzão"!
A Lagoa é feita para ver o sol nascer, para aproveitar os deleites da sombra de suas figueiras e, no final da tarde, aproveitar aquele azul esmaecendo de um por de sol ao contrário. Em qualquer momento, um tempo precioso para viver, retomar energias, aproveitar os amigos.
Postar um comentário