terça-feira, 18 de setembro de 2012

Fernandão chutou o balde

Como diriam os narradores de futebol: Fernandão chutou o balde! Pois foi o que fez o técnico do Internacional de Porto Alegre quando, ao fim de um jogo vergonhoso no domingo, onde seu time saiu perdendo para um dos lanternas por 2 a 0, chamou a atenção de um time recheado de estrelas, que hoje sequer têm luz própria.
Claro que não faltaram os comentaristas de plantão, inclusive o técnico adversário (Luxemburgo, do Grêmio), para criticar a atitude. Pois o Fernandão disse aquilo que todos os setoristas do Inter dizem há muito tempo: quem manda no clube são os jogadores, especialmente uma rodinha seleta, tendo poder de fogo para admitir ou demitir treinadores! Grupo do qual o próprio Fernandão já fez parte!
Pois, agora, a sacudida foi grande e mexeu com os brios de jogadores que preferiram ficar quietos a alimentar a fogueira. Luxa foi oportunista, faz parte de um grupo seleto de treinadores brasileiros que também fazem um "jogo" para que permaneçam em evidência nos principais clubes do país, se possível, evitando a entrada de novos valores.
Um Fernandão que questiona o que foi estabelecido coloca em risco o próprio jeito de fazer futebol, hoje, no Brasil: com interesses escusos em todos os níveis!
Sou colorado (creio que hoje não muito fanático), mas vi na atitude do Fernandão uma esperança de que se volte a ter no futebol um esporte popular, marcado por jogadores que - podem até ganhar bem - mas vistam a camiseta.
O que vemos, hoje, são mercenários atirando conforme seus interesses e não o das torcidas que lhes pagam os salários. A inconformidade do treinador deve merecer respeito e apoio daqueles que, muitas vezes, fazem sacrifícios para comprar um ingresso e tentam acompanhar seus clubes em qualquer situação.
Num tempo novo em que estamos vivendo, onde alguns membros do judiciário nos dão esperança de que não apenas ladrões de galinhas vão para a cadeia, quem sabe também no futebol, se reestabeleça uma relação de honestidade, enchendo de alegria os olhos de quem quer, apenas, ver a bola correr e seu time ganhar!
Postar um comentário