quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Para que termos parlamentares mais caros da Terra?

"Acho estranho e muito grava que alguém diga com tranquilidade que houve caixa 2. Caixa 2 é crime e atinge a sociedade brasileira. Fica parecendo que, no Brasil, o ilícito pode ser praticado". Fiquei feliz quando ouvi, ao vivo, para todo o país, a afirmação da ministra Cármem Lúcia, ao condenar o ex-ministro José Dirceu, dando condições que a sociedade passe a respirar com a certeza de que nem tudo está perdido.
No entanto, se vemos o Supremo Tribunal Federal dando o direito a um respirar já menos aflito com relação ao nosso futuro, alguns deputados deram, na semana passada, um triste exemplo, depois que o Bom Dia Brasil publicou uma matéria comparativa entre os custos parlamentares no Brasil e em diversos países do primeiro mundo. Damos de goleada: temos os parlamentares mais caros da Terra!
Com receio da repercussão, choveram telefonemas nas redações e direção da Rede Globo e a matéria não repercutiu nos demais telejornais! Triste que a potência deste meio de comunicação tenha se dobrado às pressões daqueles que têm medo que a sociedade saiba de suas mazelas.
Sobrou as redes sociais compartilharem o vídeo - que pode ser encontrado no You Tube - para nos enchermos, cada vez mais, de indignação. Não há como fazer uma limpeza nos três níveis do poder. Mas podemos, sim, pelo voto e pressão popular, encontrar exemplos positivos de cidadania. Os condenados agora - e outros que surgirão - mesmo com histórico político, aproveitaram-se da máquina pública e precisam ser punidos até para darem exemplo do que não se deve fazer. Discutir a relação entre a mídia e poder é uma consequência que ainda precisamos aprender para não ver nossos recursos sendo desperdiçados em ações que nada têm de públicas.
Postar um comentário