domingo, 27 de fevereiro de 2011

Possivelmente

Possivelmente, não vejas sentido no que te digo.

Minhas palavras fazem o ciclo do vento.

Então, quando achares que falo demais,
Apenas sorri.

Vou estar tão encantado com os detalhes de teu rosto
Que um suspiro selará meus lábios.

Verás, então, que meus olhos
Gritam de desejo.

Em cada um de meus músculos
Que pedem apenas um pouco de carinho.
Postar um comentário